Pomba giraaaaaaaaaaaa

Essa historia deveria ser contada com gestos, porque obviamente fica muito mais engraçado, mas eu acho que se vocês usarem a imaginação, funciona

Bom, era o meu ultimo domingo de plantão em um hospital particular, e plantão de domingo me deixava de péssimo humor. Soube que na noite anterior estava rolando uma rave nas redondezas,mas o plantão estava tranquilo.

Eis que toca a campainha da emergência (um toque, emergência leve), e eu fui lá com o clinico ver o que estava acontecendo. 

Uma ambulancia particular estava trazendo um individuo oriundo da tal rave. Disseram os amigos que ele tomou vodca com LSD. Pegou o carro,parou no meio da BR,tirou a roupa e começou a correr pelado.

Dai, ele amarrado na maca, dizia: “POMBA GIRAAAAAAA” , apontando pra mim. “POMBA GIRAAAAAAA, JESUS VAI TE PEGAAAAAAAAAR”

Obvio que eu nao consegui segurar o riso. Mandamos colocar na suite e já iniciar o haldol.

No que eu volto pra o PS, tem um outro caboclo, andando de um lado para o outro, batendo os braços (como uma galinha), também usuario de alguma porcaria ilícita, dizia que se ele parasse de bater os braços (ou as asas,se vocês preferirem), o coraçao dele ia parar de bater. Na boa,só faltava ele ciscar.

Nisso chegaram as mães. A mãe do pomba-gira, passava a mão na cabeça do filho,chamando de tadinho. A mãe do galináceo, espancou o coitado.

Obvio que colocamos os dois proximos pra conversar, antes do haldol fazer efeito

E isso tornou meu domingo mais feliz.

Published in: on 2 de dezembro de 2009 at 16:39  Deixe um comentário  
Tags: , ,

Olá, mundo maluco!

louco2

Estava eu no twitter quando vi um coleguinha de profissão e amigo contar umas historias que aconteceram com ele no trabalho. Eu também tenho (muitas) historias engraçadas para contar. Dai, reolvemos nos juntar e compartilhar esses hilários acontecimentos que só os pronto socorros podem nos proporcionar.

Esperamos que vocês se divirtam lendo tanto quando a gente se diverte trabalhando

Dra House

Published in: on 8 de novembro de 2009 at 13:12  Deixe um comentário